Dia a dia

Renan Calheiros recusa convite de Lula para encontro político

De olho em 2022, o ex-presidente Lula inicia, nesta segunda-feira (3), uma bateria de encontros políticos, em Brasília, na mesma semana em que começará a fase de depoimentos da CPI da Pandemia.

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI, afirmou que foi convidado por Lula para um encontro, mas recusou, segundo ele, devido à preocupação de que um encontro com Lula pudesse sugerir relação com a CPI.

“Eu falei para ele que não teria sentido conversarmos agora, da mesma forma que não é recomendável eu conversar com Bolsonaro. O relator tem que ser isento, imparcial”, afirmou à CNN.

A assessoria de Lula disse que não irá comentar a agenda. Lula desembarca em Brasília no fim da tarde desta segunda-feira. Deputados da legenda voltaram de seus estados para capital federal, na expectativa de um encontro. O roteiro é considerado pessoal, no entanto.

A CNN apurou que o ex-presidente pretende se encontrar com o senador e ex-presidente da República, José Sarney, repetindo o gesto que foi feito na semana passada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Todas as conversas, encontros, pavimentam o caminho para as eleições de 2022, em que o ex-presidente ainda não admite ser candidato.

Outra agenda, a ser cumprida em Brasília, é um encontro com o senador Fabiano Contarato, que já declarou que irá deixar a Rede, mas não decidiu para qual partido irá. O PT quer atraí-lo para lançá-lo ao governo do Espírito Santo.

Postagens relacionadas

Anvisa aprova uso emergencial das vacinas CoronaVac e AstraZeneca no Brasil

Danilo Andrade

CNJ determina Yêdo Simões para a direção da Escola da Magistratura

Danilo Andrade

Caixa Econômica abre mais de 4 mil vagas de empregos. Confira!

Natasha Azevedo
error: Content is protected !!