Brasil

Pesquisadora da Fiocruz afirma que ‘é uma questão de tempo cepa indiana se espalhar pelo Brasil’

A pneumologista e pesquisadora da Fiocruz, Margareth Dalcolmo, disse em entrevista à CNN no último domingo (23) que não acredita que o Brasil será capaz de controlar a transmissão da cepa indiana no país, detectada na semana passada no Maranhão.

Para a médica, mesmo com as medidas de controle estabelecidas após a descoberta – controle de fronteiras e testagem em massa – a restrição de voos vindos da Índia demorou muito para acontecer.

“Acho que é só uma questão de tempo e nós vamos descobrir a variante da Índia circulando em outros locais, é muito difícil conter”, afirmou a pesquisadora, que ressaltou a falta de fiscalização sanitária no país indiano.

“Eu conheço razoavelmente bem as condições indianas de controle sanitário. É muito precário. Então, quando começou na Índia, ficou óbvio que aquilo iria se disseminar. E era necessário, como eu disse há quase três semanas, ter fechado os voos vindos da Índia.”

*Olhar Digital 

Postagens relacionadas

Butantan começa hoje a produzir a Butanvac, anuncia governo de SP

O Amazones

Cartunista Laerte Coutinho é internada para tratar Covid-19

O Amazones

Butantan entrega mais 5 milhões de doses da CoronaVac ao Brasil

O Amazones
error: Content is protected !!