Dia a dia

Governo do AM abre inscrições para processo seletivo com salários de até R$ 3,1 mil

O Governo do Amazonas abriu inscrições, nesta quinta-feira (22), para um processo seletivo com 18 vagas de emprego, por um período de dois anos, para atuação em Unidades de Conservação Estaduais. Os salários vão de R$ 2,4 mil a R$ 3,1 mil.

Serão disponibilizadas, ao todo, 17 vagas de ampla concorrência e 1 vaga para Pessoas com Deficiência. As oportunidades são para contratação de 10 técnicos de conservação ambiental, com lotação para os municípios de Tefé, Novo Airão, Maués, Beruri, Canutama, Novo Aripuanã, Manicoré e Manaus.

Além disso, há quatro vagas para o cargo de assistente de conservação ambiental e mais quatro para analista ambiental, ambos para lotação em Manaus.

  • Técnicos de conservação ambiental: salário de R$ 3.161,00;
  • Assistente de conservação ambiental: salário de R$ 2.452,50;
  • Analista ambiental: salário de R$ 2.500,00.

Interessados podem se candidatar até 6 de maio, por meio do site http://concursos.aades.am.gov.br/aadesInscricao/index. Os requisitos das vagas e outras informações podem ser consultadas no edital, no link http://bit.ly/EditalConsolidando.

Conforme o cronograma estabelecido em edital, pedidos de isenção do pagamento da taxa de inscrição podem ser feitos até esta sexta-feira (23). A lista final de classificados deve ser publicada até o final de maio.

O Processo Seletivo Simplificado (PSS) nº 002/2021 irá contratar profissionais para o projeto “Consolidando a Implementação de Políticas Socioambientais no Sistema Estadual de Unidades de Conservação do Amazonas”.

Além de atuarem na consolidação do Sistema Estadual de Unidades de Conservação (UC), de gestão da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), os selecionados vão apoiar e promover a melhoria nas práticas de produção rural e dos produtos da bioeconomia, de forma alinhada às iniciativas de conservação e recuperação ambiental.

O projeto de fortalecimento das políticas socioambientais vai contribuir ainda com a conservação da biodiversidade de forma estratégica, para desenvolver o Estado do Amazonas no âmbito sustentável e promover o uso consciente dos recursos naturais dentro das áreas das Unidades de Conservação e áreas de entorno.

*Por G1

Postagens relacionadas

Primeiro ato de Chalub a frente do TJAM é suspenso por conselheira do CNJ

Danilo Andrade

CRF-AM prestigia posse da nova diretoria da SBRAFH, em Manaus

Mário Bentes

TJAM vai analisar homologação do concurso público do Tribunal este mês, diz Chalub

O Amazonês
error: Content is protected !!