Política

GloboNews revela “dossiê Wilson Lima” e critica David Almeida: “sistema político do AM em frangalhos”

Os jornalistas e comentaristas de política do programa Estúdio i, da GloboNews, alertaram os assinantes do canal por assinatura sobre os prováveis motivos do colapso da saúde no Amazonas e os inúmeros escândalos políticos do governador Wilson Lima (PSC), na tarde da última sexta-feira, dia 29. (Veja o vídeo)

Mortes de crianças cardiopatas, massacre no sistema penitenciário, compra de respiradores superfaturados em loja de vinho, base aliada na Assembleia que derrubou o impeachment e comparações com o modus operandi do governador cassado do Rio de Janeiro por corrupção na saúde, Wilson Witzel, do mesmo partido do xará amazonense, o PSC (Partido Social Cristão), estão presentes nos dez minutos dedicados “ao dossiê do governador amazonense”.

A bancada também lembrou que o presidente da sigla cristã, pastor Everaldo, encontra-se preso pela Polícia Federal, por participar, segundo o Ministério Público, de uma organização criminosa instalada na administração do governador do Rio.

“É o partido do pastor Everaldo que está preso por fraude na saúde. Talvez haja aí um modus operandi nesse esquema de Rio de Janeiro e Amazonas”, disse o jornalista, Arthur Dapieve.

“Fura-Filas”

O caso mais recente de indícios de corrupção no Amazonas foi o escândalo dos “fura-filas” da vacina contra a Covid-19 na gestão David Almeida. Com menos de um mês no cargo e um pedido de prisão, o novo prefeito de Manaus acabou virando piada como o primeiro chefe do Executivo Municipal a ter um pedido de prisão em menos de 21 dias no cargo.

“É aquele jogador de futebol que é expulso com um minuto de jogo… O sistema político do Amazonas é um sistema político em frangalhos”, lamentaram os jornalistas.

Postagens relacionadas

Presidente Bolsonaro zera PIS e Cofins do diesel e do gás de cozinha

Natasha Azevedo

Wilson Lima mandou avião do governo buscar respiradores superfaturados, diz Tobias à PF

O Amazonês

CPI da Saúde quer investigação do MPE para servidora ‘informal’ do governo Wilson Lima

Mário Bentes
error: Content is protected !!