Política

Wilker vai pedir apoio do Senado Federal para investigar Governo do AM na CPI da Pandemia

Sem interesse dos parlamentares da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) em assinar a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar os gastos com recursos estadual e federal com a pandemia no Amazonas, o autor da proposta, deputado Wilker Barreto (Podemos), anunciou que vai pedir apoio do Senador cearense Eduardo Girão (Pode/CE).

Com a CPI da Pandemia no Senado na iminência de ter autorização para apurar as condutas dos governadores e prefeitos, o parlamentar amazonense solicitou que o Senador, colega de partido, investigue os atos do governo Wilson Lima.

Em live por meio das redes sociais, nesta terça-feira (13), o deputado de oposição afirmou que a proposta de instalação da CPI está parada na Aleam. Com apenas duas assinaturas – de no mínimo oito – e protocolada há pouco mais de um mês, Wilker afirmou que o Senado Federal tem mais interesse em olhar para a população amazonense que os demais parlamentares do Estado.

“Liguei para o senador Eduardo Girão, que é um dos autores da CPI no Senado, e se eu não tiver apoio da Aleam para abertura da CPI na Assembleia eu vou reunir todos os documentos e vou entregá-los para a CPI do Senado. Vou ficar constrangido, mas vou entregar os documentos para que investiguem para onde foi o dinheiro que ceifou vidas no nosso Amazonas”, declarou.

Sem saber quando a CPI na Aleam terá mais assinaturas, Wilker questionou seus seguidores quanto a importância da CPI. “É um assunto que interessa ao Brasil, mas não interessa ao Amazonas. Se interessa ao Senado, por que não interessa à Assembleia Legislativa?”, indagou.

O parlamentar ainda afirmou que a omissão da Aleam fará com que o Brasil reconheça os desvios de recursos com o dinheiro na pandemia. “Não assinar (o requerimento de instalação da CPI) é um gesto de omissão desta Casa. Esta Casa está calada. Vai ser vergonhoso quando o Senado da república encontrar materialidade de desvios de recursos”, pontuou.

*Com informações da Assessoria

Postagens relacionadas

Vereadora que repudiou beijo no BBB foi condenada a devolver R$ 3,3 milhões

Danilo Andrade

Após pressão do PL, Marcelo Ramos é destituído da vice-presidência da Câmara

Danilo Andrade

Deputado Dermilson Chagas denuncia Wilson Lima por crime eleitoral

Danilo Andrade
error: Content is protected !!