Amazonas Política

Wilker desabafa após dois deputados discursarem sobre denúncia de governador do AM pela PGR: “Até quando a Assembleia será omissa?”

O deputado estadual de oposição, Wilker Barreto (Podemos) fez um desabafo na tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) sobre a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), que apontou o governador Wilson Lima como comandante de uma organização criminosa. O parlamentar também lamentou que apenas ele e o colega de oposição, Dermilson Chagas (Podemos), foram os únicos a discursar sobre o assunto na sessão desta terça-feira (27).

“Até quando a Assembleia será omissa? Esta Casa está passiva demais e não dá um passo para investigar o dinheiro público. Após uma denúncia grave de formação de quadrilha, apenas dois deputados trarão essa discussão para a Aleam?”, perguntou o parlamentar antes do fechamento dos trabalhos do dia.

E a indagação do deputado oposicionista não demorou muito para ser respondida. Ao término da sessão foi constatado que apenas os dois parlamentares foram os únicos, entre os 24, que falaram sobre o assunto.

“Nós temos uma denúncia grave de formação de quadrilha e apenas dois deputados manifestaram essa discussão na tribuna. Nós temos elementos para afastar o governador e o vice. A PGR utilizou as informações da CPI da Saúde da Aleam, que foi base para a denúncia. É um desagravo ninguém querer assinar a CPI da Pandemia. O Amazonas é matéria nacional como o estado símbolo da corrupção com os recursos públicos da Covid e a Assembleia está calada”, alertou.

Repúdio

Os crimes contra a honra e a família do parlamentar, feitos por blogs pagos com dinheiro público, foi outro assunto abordado por Wilker Barreto. Após sofrer ataques nas redes sociais, Wilker exibiu no plenário os processos criminais do proprietário do site que tenta ferir a imagem do deputado usando termos pejorativos, falsos e caluniosos.

De acordo com os processos no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), o dono e apresentador do site, que possui o nome de Sebastião Lucivaldo Moraes Carril, mas se identifica como “Zacarias”, possui uma vasta ficha criminal. São 71 acusações na Justiça por fraude, peculato, estelionato, roubo e extorsão, além da prisão por tráfico de drogas e acusação de homicídio no estado de Rondônia.

“Meu nome não pode ser citado saindo de uma boca de um marginal. O meu recado é para o chefe da organização criminosa: não vão me calar”, bradou Barreto.

“Apagão telefônico”

Ao constatar que o interior do Amazonas sofre com o serviço precário de telefonia móvel e internet, depois de visitar nove municípios, Wilker Barreto fez um alerta para as empresas de telefonia que cobram pelo serviço que não funciona.

“Tive a oportunidade de visitar nove cidades do Amazonas, Tefé, Uarini, Alvarães, Jutaí, Tonantins, Santo Antônio do Içá, Benjamin Constant, São Paulo de Olivença e Tabatinga. Fui fiscalizar minhas emendas e estou estarrecido de como a telefonia está maltratando o interior. Não funciona! Esta Casa precisa chamar esse tema, porque os irmãos do interior estão pagando por um serviço que não funciona”, afirmou.

*Com informações da Assessoria de Comunicação

Postagens relacionadas

Prefeitura de Manaus não vai liberar escolas municipais para o Enem 2021

Danilo Andrade

Em nova pesquisa, Amazonino mantém vitória no primeiro e segundo turnos

Danilo Andrade

Bolsonaro dá posse a novos ministros, em reunião secreta

Danilo Andrade
error: Content is protected !!