Política

TCE suspende gastos de quase R$ 9 mi do Governo do AM, após denúncias de Wilker Barreto

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) suspendeu o pregão presencial, que contrataria uma empresa de publicidade para a Cosama no valor de R$ 4,3 milhões, bem como a anulação do processo de dispensa de licitação de R$ 4 milhões da Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplancti) com a ONG Movimento Brasil Competitivo (MBC).

Ambas as denúncias foram feitas pelo deputado Wilker Barreto (Podemos), em julho de 2019 e em fevereiro deste ano. A primeira, Seplancti, iria pagar R$ 339 mil por mês, com valor global de R$ 4.068.192,22 milhões, para o MBC, a fim de elaborar a reforma administrativa do Governo do Amazonas. O TCE-AM apontou na tarde da última quarta-feira (03) a anulação ao RDL nº008/2019, e o secretário da pasta, Jório de Albuquerque Veiga Filho, acabou sendo multado pelo órgão fiscalizador em R$ 14 mil, após constatação da ilegalidade no processo. 

“Avisei em 2019 que o governo possui técnicos qualificados para fazer um estudo da reforma administrativa. Não precisamos de ONG de fora do Amazonas. Economizamos o dinheiro do povo com denúncias acatadas pelo TCE”, declarou Barreto.

Cosama

Os deputados Wilker Barreto e Dermilson Chagas (Podemos) protocolaram no dia 11 de fevereiro uma medida cautelar no TCE-AM suspendendo o Pregão Presencial nº. 021/2020 CPL/COSAMA. O certame iria destinar o valor de R$ 4.366.165,00 para a contratação de empresa especializada em fornecimento de serviços gráficos e comunicação visual. Os parlamentares argumentaram “gastos excessivos e desnecessários” em plena pandemia e a explosão de mortes causadas pela Covid-19.

“É dessa forma que fazemos oposição, com dados, com verdade. Somente com denúncias dos erros desse governo, ao longo dos meus dois anos e três meses de mandato, eu e o Dermilson economizamos mais de R$ 80 milhões da população do Amazonas. Esse dinheiro poderia ser destinado para a enchente no interior e à pandemia”, afirmou Barreto, solicitando via requerimento verbal que a economia de quase R$ 9 milhões (Cosama e MBC), possam ser direcionadas às ações da Defesa Civil no Amazonas.

Foto: Wilkinson Cardoso

*Com informações de Portal do Holanda

Postagens relacionadas

Sem previsão orçamentária, Censo não será realizado em 2021, afirma Governo

Danilo Andrade

PL de Wilker que garante reembolso ao consumidor que pagar faturas de energia elétrica em duplicidade é aprovada pela CCJR da Aleam

Danilo Andrade

Tarcísio Freitas afirma que obras da BR-319 devem começar em 2022

Danilo Andrade
error: Content is protected !!