Política

Joana Darc se incomoda ao ser confundida com Alessandra Campêlo

Na sessão da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), desta quarta-feira, 8, o presidente da Casa Legislativa, deputado Josué Neto (PRTB), deu a palavra para a deputada Joana Darc (PL), mas a chamou de Alessandra Campêlo (MDB). Na mesma hora, a líder do governo mostrou indignação com a confusão do colega de plenário que decidiu pelo prosseguimento do processo de impeachment contra o governador Wilson Lima (PSC) e do vice, Carlos Almeida (PTB), no dia anterior.

Quando a mesa dava início à leitura de um requerimento, no Pequeno Expediente, Joana Darc (PL) pediu, duas vezes, para falar e Josué Neto comete o equívoco. “Com a palavra, a eminente deputada Alessandra Campêlo” e Alessandra responde, “Eu?”, e o presidente explica. “Vocês são iguais e eu me confundo”. Contrariada, Joana Darc responde, “Não. Eu sou eu e a deputada Alessandra é a deputada Alessandra”. Então, Josué se desculpa, “vocês são muito parecidas, desculpa, eu confundo”.

Não confunda

Após dar o recado do deputado Augusto Ferraz (DEM) no plenário, Darc mandou o recado dela mesma com destino certo para Josué Neto. “Deputada Joana é a deputada Joana. Deputada Alessandra é a deputada Alessandra, tá?! Por favor!”.Em comum, as parlamentares têm o fato de pertencerem à base governista, mas estão nos notícias por motivos diferentes nos últimos dias.

Enquanto na lista dos 5%, um dos nomes que figura era ‘Joana’, igual ao da deputada do PL, não tinha o nome Alessandra, a deputada do MDB. Entretanto, Campêlo é a prima do secretário interino da Secretaria de Saúde do Estado do Amazonas (Susam), Marcellus Campelo, que substituiu a ex-secretária presa na Operação Sangria, Simone Papaiz, exonerada na última segunda-feira, 6. Já Joana não tem familiares nomeados por Wilson Lima.

Postagens relacionadas

Deputado quer discutir impeachment de governador do AM em plenário

Danilo Andrade

Wilker vai pedir apoio do Senado Federal para investigar Governo do AM na CPI da Pandemia

Danilo Andrade

Com caos e mortes em Manaus, deputados travam duelo para Wilson Lima suspender aluguel de jatinho de R$ 9,3 milhões

Danilo Andrade
error: Content is protected !!