Dia a dia

Governo suspeito de corrupção implanta delegacia anticorrupção

Um dia depois dos deputados estaduais do Amazonas aprovarem às pressas a criação da Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (Deccor), o governador, Wilson Lima (PSC), sancionou a Lei 5.211/2020, na última sexta-feira, 14. E a delegada geral da Polícia Civil, Emília Ferraz, determinou Guilherme Torres Ferreira para chefiar a unidade de segurança.

A imparcialidade de uma delegacia anticorrupção do Amazonas é colocada em ‘xeque’ porque Lima é apontado pela Procuradoria Geral da República (PGR) como o “chefe da quadrilha na estrutura do Estado”. Nesse contexto, o deputado Wilker Barreto (Podemos) questiona a independência da delegacia. “O correto seria que o delegado da Deccor tivesse autonomia expressa em lei”, afirma o parlamentar ao OAM.

Autonomia não foi para votação

Na tentativa de alcançar a tal autonomia, Barreto apresentou uma emenda para estabelecer um mandato, de dois anos, e também que o delegado, apontado pelo Poder Executivo, precisasse receber o aval da Assembleia, após o candidato se submeter a uma sabatina dos parlamentares. A proposta não foi votada em plenário porque o relator, deputado Delegado Péricles (PSL), já havia finalizado o documento.

Fora da Assembleia, o representante do Comitê de Combate à Corrupção e ao Caixa Dois, também chegou a sugerir alterações que os deputados poderiam fazer para dar maior liberdade política e financeira à Deccor. “Para que haja o combate à corrupção sem influência política nas ações de repreensão e de prevenção, se faz necessário uma mudança na legislação”, defendeu o membro do Comitê e advogado Carlos Santiago.

A criação da Delegacia só não saiu da Aleam exatamente do jeito que o governador mandou porque o relator da proposta apresentou uma emenda a fim de proibir que o comandante da Deccor tenha uma ligação familiar com gestores do alto escalão do Estado e das prefeituras

Currículo do delegado

O delegado Guilherme Torres Ferreira tem uma vasta trajetória dentro da PC-AM, tendo sido delegado adjunto em Novo Airão, delegado titular em Urucará, titular do 8º Distrito Integrado de Polícia (DIP), do 20º DIP e do 19º DIP; diretor do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd) e secretário-executivo da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop).

A nova Delegacia Especializada de Combate à Corrupção ficará subordinada ao Departamento de Polícia Metropolitana (DPM) e funcionará na avenida Professor Nilton Lins, 325, bairro Parque das Laranjeiras, Zona Centro-sul de Manaus.

Com informações da assessoria*

Postagens relacionadas

Prefeito de Benjamin Constant, David Bemerguy, ganha medalha Ruy Araújo

Danilo Andrade

Presidente da França, Emmanuel Macron leva tapa no rosto

Danilo Andrade

Gusttavo Lima e Tirulipa vão receber título de cidadão amazonense na Aleam

Danilo Andrade
error: Content is protected !!