Política

CPI da Pandemia: Depoimento de Pazuello foi marcado para o próximo dia 19

A CPI da Covid decidiu nesta terça-feira (4) remarcar para o próximo dia 19 o depoimento do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello.

A convocação de Pazuello foi aprovada na semana passada. O depoimento, um dos mais aguardados pela CPI, estava marcado para esta quarta (5), mas o ex-ministro disse ter tido contato recente com pessoas que contraíram a Covid-19.

Diante da situação, o ex-ministro da Saúde encaminhou ao comandante do Exército um ofício com duas sugestões: manutenção da data, com depoimento de forma virtual, ou adiamento.

Presidente da CPI, o senador Omar Aziz (PSD-AM) afirmou que aguardaria 14 dias para que o depoimento de Pazuello ocorresse de forma presencial.

Propôs, então, a data de 19 de maio para o depoimento do ex-ministro. A sugestão foi aprovada pelos demais integrantes da CPI.

Durante a sessão desta terça, a CPI ouviu o também ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, que comandou o Ministério da Saúde entre janeiro de 2019 e abril de 2020. O depoimento de Nelson Teich, marcado para esta terça, pode ser adiado para esta quarta.

*Com informações de G1

Postagens relacionadas

Para votar o impeachment na quinta-feira, a Ordem do Dia vai ter que ficar para a tarde na Aleam

Danilo Andrade

Marcelo Queiroga é empossado como ministro da Saúde

Danilo Andrade

CPI da Educação começa pelo caso Dantas, diz deputado

Danilo Andrade
error: Content is protected !!