Brasil

Butantan atesta 73,8% de eficácia da Coronavac após recebimento da 2a dose

O Instituto Butantan atestou nesta quinta-feira (8), que a vacina Coronavac alcançou eficácia de 73,8% após a aplicação da segunda dose. O dado tem como base uma pesquisa realizada com profissionais da saúde que trabalham no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de São Paulo. 

Nos testes, observou-se que a vacina produz essa eficácia cerca de 5 semanas depois de os imunizados terem recebido a segunda dose. 

O resultado é a queda considerável de casos da doença, incluindo os de variantes. Nesta semana, pesquisadores do Amazonas também comprovaram a eficácia da vacina contra a variante que surgiu em Manaus ainda em 2020.

Contra ela, o imunizante comprovou eficácia de 50%. Os estudos levaram em consideração apenas os resultados após o recebimento da primeira dose, com relação à segunda, os dados ainda estão sendo coletados. 

Nesse caso, assim como em São Paulo, o público-alvo da pesquisa também foi de profissionais da saúde que estão mais expostos ao coronavírus.

Postagens relacionadas

Inscrições para o Sisu começam, nesta terça (6)

Natasha Azevedo

Em discurso, Bolsonaro cita possibilidade de novas trocas de comando

Natasha Azevedo

Enfermeira é a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 no Brasil

Danilo Andrade
error: Content is protected !!