Dia a dia

Roberto Cidade manda indireta para Saullo Vianna na Aleam: “Não sou bandido como me chamaram e nem fui preso”

O novo presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) para o biênio 2021/2022, Roberto Cidade, do PV, utilizou a Sessão Expediente, desta terça-feira (15), para agradecer os 15 votos recebido pelos parlamentares e alfinetar o deputado Saullo Vianna (PTB). A chapa encabeçada por Cidade recebeu 16 votos, contra 8 votos da segunda chapa, que tinha Belarmino Lins, do PP, como candidato à presidência.

Em seu discurso de agradecimento e de alinhamento dos trabalhos para o próximo ano, Cidade não poupou Viana que aos gritos chamou o novo presidente “bandido” dentro do plenário da Casa, após o resultado da eleição no último dia 03 de dezembro.

“Quero agradecer de coração a todos que foram fundamentais para a minha eleição… Eu não sou bandido como me chamaram. Eu não fui preso. Eu sou do bem”, alfinetou o parlamentar se referindo a Saullo Vianna preso em 2019 pela Polícia Federal por crimes de corrupção e de associação criminosa.

Na época, Saullo chegou a ficar preso por cinco dias, em uma cela comum, no Centro de Detenção Provisória Masculino II (CDPM II), no quilômetro 8 na BR-174.

Publicações relacionadas
AmazonasDia a dia

Apesar de decreto estadual, Justiça determina que cartórios do AM continuem funcionando

AmazonasDia a dia

Comboio com oxigênio chega a Manaus, depois de atoleiro na BR-319

Dia a dia

Vacinados podem espalhar Covid-19, alerta médico inglês

Dia a dia

Juntos há mais de 70 anos, casal americano morre de Covid-19 de mãos dadas

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba as novidades diretamente em seu e-mail!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *