Política

Deputados faltam sessão plenária e garantem salários sem descontos

Deputados da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) têm mais falta no plenário que o Neymar em campo, mas continuam recebendo os salários deles, de R$ 15 mil, assim como a estrela do futebol. Isso porque, apesar da falta de quórum (quantidade mínima obrigatória de membros presentes), o Regimento Interno permite justificar as ausências, com isso, os descontos são eliminados.

Nesta quarta-feira, 11, por exemplo, não teve votação do projeto de decreto legislativo, de autoria dos deputados Wilker Barreto (Podemos) e Dermilson Chagas (Podemos), porque menos de treze deputados, somando o plenário físico e virtual, estavam presentes na sessão. Se aprovado, o projeto anula uma decisão do governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), que resultou em um aumento de 5% no preço da conta de energia elétrica para o consumidor final.

Reincidentes

O presidente da Assembleia, deputado Josué Neto (PRTB), explicou quais parlamentares ele pode computar como presente na Ordem do Dia, quando ocorre a votação. “Tem alguns colegas que estão presentes aqui no painel, mas não estão presentes no plenário. Da mesma forma, tem colegas linkados virtualmente, mas eles não estão participando da reunião. Estão com seu vídeo desligado, com seu microfone desligado. Então, só posso contar, para efeito de quórum, com quem está participando, efetivamente, da reunião”, esclareceu.

Na quarta-feira passada, 04, também não teve votação no plenário da Aleam pela mesma razão, a maioria dos 24 parlamentares não estava presente. E no dia seguinte, quinta-feira, 05, apenas quatro deputados foram para o plenário da Assembleia, número inferior ao mínimo exigido, pelo Regimento, para se fazer até o Pequeno Expediente (primeira fase da sessão).

Sobre o autor

@danilos.andrade, formado em jornalismo pela Faculdade Boas Novas (FBN). Apaixonado por arte gráfica, audiovisual e rádio. Sócio e repórter do portal Oamazônes.
Publicações relacionadas
AmazonasPolítica

Roberto Cidade cobra urgência nas emendas destinadas à saúde

Política

Nejmi Aziz estreia na Aleam, diz que vai ajudar a população, mas não participa de votação a favor da interrupção do recesso dos deputados

AmazonasPolítica

Deputados chamam Wilson Lima de 'assassino' e 'moleque' e pedem impeachment imediato

Bastidores do PoderPolítica

Mandetta chama Governo Bolsonaro de 'perverso' e diz que avisou sobre falta de O2 no AM

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba as novidades diretamente em seu e-mail!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *