Política

Wilson Lima mandou avião do governo buscar respiradores superfaturados, diz Tobias à PF

Preso na segunda fase da Operação Sangria, em depoimento, o ex-secretário de Saúde do Estado, Rodrigo Tobias, revelou à Polícia Federal (PF) que a ordem para a compra dos ventiladores pulmonares superfaturados partiu do governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), que mandou buscar os aparelhos comprados pela Sonoar no avião do Governo do Estado.

O antecessor da ex-secretária Simone Papaiz, presa na primeira fase da operação, descreveu o passo a passo de todo o esquema da alta cúpula do governo. Entre outros detalhes, Tobias contou como foi apresentado para a empresa Sonoar – a fornecedora dos ventiladores pulmonares para a FJAP, a adega que vendeu os aparelhos para o governo – e  afirmou que Daniela Assayag, ex-secretária de Comunicação, e Dayana Mejia, ex-secretária executiva de Saúde da Capital, representavam o governador nas reuniões do gabinete de crise da saúde.

No depoimento, o ex-secretário de saúde afirmou que Assayag foi até o gabinete dele, na Secretaria de Saúde do Estado, a pedido de Willson Lima, para saber sobre o andamento da aquisição dos respiradores e ela voltou a insistir que a compra fosse realizada pela empresa Sonoar – empresa em que o marido de Assayag, o empresário Luiz Carlos Avelino Júnior é sócio. O cônjuge dela também foi preso na segunda fase da Operação Sangria.

O governador Wilson Lima era atualizado sobre a compra, diz ex-secretário

Tobias trouxe à tona a existência de um grupo no WhatsApp com nome de “respiradores”, em que eram realizadas as tratativas para a aquisição dos aparelhos e servia para manter o governador atualizado sobre o andamento do esquema.

Segundo o ex-secretário, no dia 03 de abril, ápice da pandemia no Amazonas, ele foi até o aeroporto Internacional Eduardo Gomes, onde encontrou com Wilson Lima, que estava aguardando uma carga de ventiladores pulmonares vindas do Rio de Janeiro. Foi aí que o governador insistiu para que Tobias encontrasse com Gutemberg Alencar. Alencar – identificado pelo Ministério Público Federal (MPF) como “homem de confiança” do governador – é empresário e capitão reformado da Polícia Militar do Amazonas.

Respiradores da Sonoar chegaram no avião do Governo, diz Tobias

Pelo que consta no depoimento, na manhã do dia seguinte, Alencar foi até a Secretaria de Saúde e se apresentou no gabinete do então secretário e explicou como que ele iria orientar o governo sobre onde haveria disponibilidade de respiradores para a compra. Logo após a reunião, Rodrigo Tobias ligou para o governador e informou que esteve com Alencar.

Ainda de acordo com o depoimento, os respiradores comprados pelo Governo do Amazonas da loja de vinhos – FJAP, que comprou da Sonoar – chegaram à Manaus no próprio avião do governo. “Os respiradores pulmonares da Sonoar chegaram à Manaus através de avião do Governo Estadual e vieram de São Paulo. A ordem para trazer os respiradores até Manaus partiu do próprio governador Wilson Lima”, afirmou Rodrigo Tobias à Polícia Federal.

Segunda fase da Operação Sangria

Na quinta-feira, 09, foram alvos da segunda fase da Operação Sangria: o ex-secretário de Saúde do estado, Rodrigo Tobias; a ex-secretária executiva da pasta, Dayana Mejia; o engenheiro clínico Ronald Gonçalo Caldas Santos; o marido da ex-secretária de Comunicação do estado, Luiz Carlos de Avelino Júnior; e Gutemberg Leão Alencar, apontado como “homem de confiança” do governador.

Os cinco cumpriram prisão temporária que foi renovada por mais cinco dias com a permissão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Segundo a Secretaria de Administração Peniteciária (Seap), o ex-secretário de Saúde do Estado, Rodrigo Tobias, o engenheiro clínico Ronaldo Gonçalo Caldas Dantas Santos, e o marido da ex-secretária de Comunicação do estado, Luiz Avelino Junior, estão presos no Centro de Detenção Provisória Masculino 2 (CDPM2).

Ainda conforme a Secretaria, Gutemberg Alencar, apontado como “homem de confiança” do governador, está preso no Batalhão de Choque e Dayana Mejia de Sousa, ex-secretária executiva da Saúde, está presa no Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF).

 

Publicações relacionadas
Política

Deputados prometem levar Joana Darc a Conselho de Ética da Aleam

Política

'Serei o prefeito de todos', promete David Almeida ao vencer a eleição

Política

Manaus aposta em novos vereadores e renova a Câmara Municipal em 60%

Política

Resultado parcial: Amazonino Mendes recebe o maior número de votos

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba as novidades diretamente em seu e-mail!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *